O ar que respiramos é importante!

Melhor do que bons resultados, são as boas relações.
18 maro, 2022
 

A qualidade do ar que inalamos todos os dias é normalmente analisada tendo em conta fatores como a humidade, temperatura ou a existência de odores. Há, no entanto, outros indicadores que em muitas indústrias representam um risco maior para a saúde e, como tal, não podem ser esquecidos. Falamos, por exemplo, da concentração de pós e névoas em suspensão e da presença de micro-organismos, não percetíveis a curto prazo, mas que se podem tornar um pesadelo a médio e longo prazo.

 
 
 







Numa zona de maquinação de peças de precisão em aço, foi instalado em cada centro de maquinação um equipamento HFiltration Cleamist 1400. Este equipamento é compostos por um sistema de centrifugação que faz a separação do óleo existente no ar. As partículas de emulsão coalescem no filtro, formando gotículas que são novamente devolvidas ao tanque da máquina. O ar purificado é então canalizado para a parte superior do aspirador onde é ainda tratado por um filtro final HEPA e devolvido ao ambiente livre de poluentes.

 

O Mist Compact é também um filtro de efeito coalescente para a filtração de névoas de óleo ou emulsão, para aplicação em sistemas centralizados compostos por uma ou várias máquinas, neste caso, máquinas de eletroerosão e de retificação. O ar poluído entra no filtro e as partículas vão sendo gradualmente separadas por coalescência por um sistema de filtragem progressiva. As partículas de óleo recolhidas são expelidas através de um tubo de escoamento e depositadas em reservatório próprio para o efeito, enquanto o ar limpo é evacuado pelo topo do equipamento.

 
 

Finalmente, havia ainda necessidade de uma solução para aspiração de poeiras, resultantes da maquinação de grafite. Foi instalado um filtro HFiltration Pulsatron Compact, uma máquina com um sistema de cartuchos anti estáticos filtrantes de alta eficiência.

Neste sistema, o ar poluído entra no filtro, através de uma pré-câmara que separa de imediato as partículas de maiores dimensões. O fluxo de ar passa, então pelo cartucho filtrante, depositando o contaminante no seu exterior que, através de um sistema automático de limpeza, liberta os contaminantes do filtro para o reservatório. O ar limpo é libertado pelo topo do filtro.

 
 
 
 

O objetivo foi completamente atingido! Conseguimos garantir à MD, uma qualidade de ar livre de quaisquer poluentes provenientes da maquinação e perfeitamente respirável, promovendo um ambiente de trabalho limpo e saudável para os colaboradores.



Para além disso, o processo produtivo tornou-se mais sustentável e amigo do ambiente reduzindo, também, a necessidade de manutenção das máquinas.



 
 
 
 

A sustentabilidade dos processos industriais já esteve mais longe de ser alcançada, e é com pequenos passos que podemos melhorar em muito a pegada ecológica que vamos deixando e a qualidade do ar que respiramos. A mudança está ao alcance de todos nós.

 

Trabalho desenvolvido para a MD Moldes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *